Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

05.02.15

O poder de um apelido

Há dias, enquanto esperava na fila do banco, deu para perceber o poder de um apelido ou, neste, caso, dois. Uma das funcionárias fez uma chamada para um cliente e assim que diz o nome do senhor, ficou tudo de orelha no ar e até houve um senhor que estava a ser atendido na caixa que deu um salto e virou-se para trás. Claro que o cliente não era quem toda a gente, por segundos, pensou. Mas deu para rir um bocadinho com os comentários. O nome em causa era Pinto da Costa... Pois. Cada vez que volto ao banco, estou à espera que a C. ligue para um Luís Filipe Vieira ou um Bruno de Carvalho.

E não foi indiscrição da funcionária porque o balcão de atendimento é ao lado da fila para a caixa por isso era impossível não ouvir.

Mais sobre mim

A ler ao som da chuva

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Como nem sempre faço referência, as fotos que aqui aparecem são retiradas da internet excepto as minhas que estão identificadas. Se alguma estiver protegida por direitos de autor, agradeço que me avisem e serão retiradas imediatamente.