Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

30.11.16

O meu Natal

 Esta altura do ano, desde Setembro a Janeiro é a minha preferida. Adoro o Outono, as cores, as primeiras chuvas, o primeiro frio, o retomar das rotinas. E incluída nesta época está o Natal. Gosto do Natal. À parte de no trabalho ser a pior altura do ano, adoro o Natal. Gosto da confusão nas lojas, das montras enfeitadas, das iluminações nas ruas, das decorações, de ver gente carregada de sacos e embrulhos ou então de lista na mão a escolher as prendas, dos filmes repetidos 2365 vezes, dos doces da época, da magia que se sente pelo ar. Só falta a neve. Mas vivo esta época só para mim. Talvez por, no passado, ter tido Natais que não desejo a ninguém. Natais que ficaram lá atrás mas que nunca conseguirei esquecer. Apesar disso, continuo a sonhar com aquele Natal "perfeito" com a casa cheia de gente, a mesa carregada de tudo o que é tradicional, a árvore enorme com os embrulhos ao pé, a noite que se prolonga pela madrugada, a manhã animada com o desembrulhar das prendas, o almoço tardio e tantos outros pormenores que fazem o Natal de tanta gente mas nunca fizeram o meu. Sei que há quem esteja pior que eu e, talvez por isso, devo dar graças por hoje, apesar de não ter esse Natal perfeito com que sonho (e que nunca vou ter), tenho o principal, paz e sossego (para isso paguei um preço alto). 

Mais sobre mim

A ler ao som da chuva

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Como nem sempre faço referência, as fotos que aqui aparecem são retiradas da internet excepto as minhas que estão identificadas. Se alguma estiver protegida por direitos de autor, agradeço que me avisem e serão retiradas imediatamente.