Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O Rapaz do Pijama ás Riscas

chuviscado por Pingos de Chuva, em 06.02.11

 

Hoje vi na SIC "O Rapaz do Pijama ás Riscas". Foi um daqueles filmes tocantes sobre a amizade entre duas crianças de mundos tão diferentes e opostos, sem noção do que verdadeiramente se passava á sua volta. Para quem não sabe, é a história de Bruno, o filho de 8 anos de um militar nazi na 2ª Guerra Mundial que, devido á nova missão do pai, se muda com a família de Berlim para uma casa no campo. Longe dos seus amigos e sem ninguém por perto para brincar, Bruno entretém-se a explorar a área envolvente da casa, apesar da proibição da mãe. E é aí, do outro lado de uma vedação, que conhece Shmuel, um menino judeu preso num campo de concentração que Bruno julga, na sua inocência, ser uma quinta. A partir daí, nasce uma amizade entre os dois que acaba por terminar da pior maneira. E foi o que mais me impressionou neste filme, ver um dos lados mais cruéis da 2ª Guerra Mundial pelos olhos inocentes de duas crianças.

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

De onesmileonelife a 11.02.2011 às 12:27

o filme é realmente muito emocionante...e a forma como acaba é uma grande lição de vida! adorei
Gosto do teu blog :D

beijinho*

De Pingos de Chuva a 11.02.2011 às 22:50

Sem dúvida. Por vezes, são as crianças que nos dão as melhores lições de vida. :)

De Sara a 11.02.2011 às 18:08

Já tinha visto este filme e, mesmo que o veja 10, 20, 100 vezes, choro sempre no final. É tão verdadeiro e transmite um sentimento tão forte - por um lado amizade e por outro injustiça e impotência.


Já agora, gostei muito do blog ;)
Passarei a seguir


Beijinhos :)

De Pingos de Chuva a 11.02.2011 às 22:54

Quando estreou, não tive oportunidade de ver mas foi daqueles que agendei para ver em DVD porque me pareceu logo que a história seria daquelas que nos emociona. Acho que passou um pouco despercebido na altura, injustamente, acho eu.
Obrigada pela visita. :))

De Cereja a 13.02.2011 às 14:30

Vi o filme uma vez, por acaso, num TV Cine qualquer e chorei sem parar durante mais de meia hora.
Lembro-me de pensar na genialidade da prestação de Vera Farmiga, a mãe do pequenito.
Não li o livro todo, mas tive oportunidade de folheá-lo e o tom que John Boyne imprime à história é precisamente o mesmo. Os diálogos, as descrições, as palavras são as de um menino.
Uma forma diferente, mais dura e mais dolorosa de ver o conflito...

De Pingos de Chuva a 13.02.2011 às 23:05

Não tenho por hábito ler os livros em que foram baseados filmes depois de os ver, costumo fazer o contrário,  mas neste caso acho que vou abrir uma excepção. Fiquei com vontade de ler o livro.

De QuemQuerGanha a 13.02.2011 às 15:34

Vi este filme quando saiu nos cinemas e adorei o filme. Mostra a ingenuidade das crianças, mas que apesar disso conseguem dar verdadeiras lições de vida. Recomendo

Comentar post



Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

mais sobre mim

foto do autor


para partilhar pingos

os meus chuviscos em fotos


calendário

Fevereiro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728

arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D



a ler ao som da chuva


quem anda à chuva por aqui


usuario online

Como nem sempre faço referência, fica o aviso de que todas as imagens que aqui aparecem são retiradas da net (excepto as minhas que estão identificadas). Se alguma estiver protegida pelos direitos de autor, agradeço que me informem para que sejam retiradas