Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

De tirar o apetite

Depois de tudo o que se tem falado e discutido ultimamente sobre a má informação nos rótulos e depois de ler o artigo de hoje da Sábado sobre o que realmente existe no que comemos, chego á conclusão que vou passar a alimentar-me de .... ar (enquanto a poluição não chega a níveis exagerados porque depois, logo se vê)

Senão vejamos: para além da tão falada carne picada com carne de cavalo á mistura, que afinal nem é o pior, também andamos a comer salmonelas e outros bichinhos que, se a carne não for cozinhada a altas temperaturas, provocam coisas agradáveis como gastroenterites; peixe que, além de não ser o que está identificado, também está cheio de metais perigosos e de parasitas vivos!!! como no caso do carapau (nem quero pensar que o almoço hoje foi carapaus com molho á espanhola, felizmente como não aprecio muito não comi); que o fiambre de perú afinal é de porco (mas o preço é de perú); que a bela da costeleta de porco tem uma bactéria que costuma haver naquilo que ninguém gosta e tantos outros casos que dá que pensar. O que andamos MESMO, MESMO a comer? Alguém tem a certeza de que o que está nas etiquetas ou rótulos é mesmo o que está na banca ou embalagem? Ir ás compras passou a ser  um trabalho de investigação e em vez do carrinho temos que passar a levar um microscópio.

 

1 comentário

Comentar post