Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

16.10.12

Dores

Aquela maldita dor no ombro que piorava desde sábado afinal, depois de uma visita ás urgências do centro de saúde aqui da zona, não é nem entorse nem luxação. É uma calcificação do osso da clavícula. Coisas da pdi. Era só o que me faltava. Mas pronto, com brufen, cortisona e um emplastro milagroso que começou logo a fazer efeito, a coisa vai compor-se (espero eu). Não desejo a ninguém o que passei nos últimos dias: dormir mal ou então feito múmia sem me mexer como na noite passada (logo eu, que passo a noite ás voltas), banho tomado á canhota (então lavar o cabelo só com a mão esquerda deu cá um jeitão), fazer exercícios de contorcionismo para me vestir/despir, ver estrelas cadentes em pleno dia sempre que me esquecia e fazia um movimento mais brusco com o braço. Enfim, é daquelas vai e não volta.

Mais sobre mim

A ler ao som da chuva

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Como nem sempre faço referência, as fotos que aqui aparecem são retiradas da internet excepto as minhas que estão identificadas. Se alguma estiver protegida por direitos de autor, agradeço que me avisem e serão retiradas imediatamente.