Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

Pingos de Chuva

Depois da chuva passar, haverá sempre um arco-iris no céu

Love Actually

Quem é que ontem esteve acordada até ás 3,30 h (*) da manhã a ver um filme pela 3916473625ª vez? Moi, claro. E porquê? Porque já se tornou quase uma tradição de Natal ver o Love Actually e este ano, tal como nos últimos anos, não poderia faltar. E porque continuo adorar ver o Sam sofrer e lutar pelo seu primeiro amor, ver o primeiro ministro Hugh Grant, com aquele jeito tão dele, caído pela assistente gorducha, ver a mais bela declaração de amor feita pelo Mark, ver que não é preciso falar a mesma língua para duas pessoas se apaixonarem e outras histórias, todas elas embrulhadas pelo Natal.

 

E por falar em embrulhos: e se todos fossem feitos como os do Rowan Atkinson?

 

(*) Se não fosse preguiçosa e tivesse comprado o DVD, já não me acontecia isto. 

{#emotions_dlg.redflower}

2 comentários

Comentar post